Caos Aquarius

filme-aquarius-cartaz

[insert_php] include(TEMPLATEPATH . ‘/adsense.php’);[/insert_php]

Muito já se foi lido e falado sobre Aquarius e o aproveitamento de seu lançamento para fins políticos, do chamado “Golpe” e do “Fora Temer” nos últimos dias, inclusive ao final da sessão do filme, que assisti no último final de semana. Tentando sair um pouco dessa discussão partidária ideológica onde poucos entendem o que está acontecendo, venho aqui compartilhar sobre o filme em si, que sem dúvida ganhou mais força com o cenário caótico em que vivemos, mas que possui muito mérito e propostas ainda mais interessantes em serem abordadas. O filme trata da natureza humana, da busca pelo real e pelo poder.

[insert_php] include(TEMPLATEPATH . ‘/adsense-mobile.php’);[/insert_php]

O tema central do filme é sobre o edifício Aquarius, localizado na Praia de Boa Viagem em Recife (PE), o mesmo já é bem antigo e uma construtora deseja levantar um novo complexo, mantendo o mesmo nome, com mais conforto, segurança e obviamente aumentar o seu valor. Afinal, a localização é incrível e um prédio velho e pequeno que abriga poucos moradores pouco interessa a eles. Mas, não é o que pensa a única moradora que restou e que se recusa a sair de lá. Clara, jornalista, escritora, apaixonada por música, entre vinis, cds e mp3, vê no seu apartamento, uma decoração que é um misto de passado e presente, o seu lar, onde estão as suas memórias de toda uma vida.

[insert_php] include(TEMPLATEPATH . ‘/filmes.php’);[/insert_php]

Clara é uma sobrevivente, que se curou de um câncer, que perdeu o seu grande amor e que continuou forte, que tenta manter uma relação com os filhos que pouco compreendem até hoje as suas escolhas de vida e que mesmo assim, manteve-se estável e apaixonada pela vida. Quando ela precisa lutar pelo direito de permanecer em seu lar, encontra dificuldades nos filhos, nos amigos e conhecidos, que pouco entendem o porque ela não aceita a proposta milionária da construtora para viver em lugar melhor e mais seguro. Mas, não entendem que o dinheiro e um novo local não interessam, afinal, ela tem mais quatro apartamentos, aposentadoria, reservas de uma vida e um Jeep Renegade na garagem.

Por outro lado, vemos Diego (vivido por Humberto Carrão), um jovem ambicioso, recém-chegado dos Estados Unidos e que está no seu primeiro projeto, Aquarius, e que quer provar que voltou extremamente preparado e disposto a tudo para conseguir o que quer, não só para ele como para o avô, dono da construtora. Num primeiro momento ele tenta uma aproximação amigável com Clara, depois começa a mostrar para que veio, fazendo tudo e a qualquer custo para conseguir o que quer e sem limites ou qualquer respeito.

Trailer Filme Aquaris

Em meio essa briga outras histórias se entrelaçam a desses dois personagens centrais e ajudam a traçar quadros sociais e culturais muito importantes para que possamos imergir nessa trama, que ao mesmo que é simples também é profunda e nos inquieta com várias questões, principalmente de comportamentos controversos. Histórias reais vividas, sobre lutas quase perdidas que não são abandonadas, sobre caráter, educação e classes sociais que de algum modo ainda trazem preconceitos a nossa sociedade, que está cada vez mais alienada pelo poder e pela falta dele.

A personagem Clara vivida pela jovem talentosa Barbara Colen, que nos faz recordar fisicamente de Elis Regina, e pela veterana Sonia Braga que volta as telas, reinando em todas as cenas, dançando e sensualizando com seus longos cabelos, cantando, relembrando momentos ao som de grandes artistas. Apesar de evitar ao máximo os spoilers da história, mas não é possível deixar a trilha de lado, personagem importantíssimo junto a nossa heroína, que ajuda a criar o ambiente nostálgico e profundo deste belo filme. A direção brilhante de Kleber Mendonça Filho (O Som ao Redor) também deve ser lembrada.

Mas, quem vence no final? O que mais inquieta? Que contribuição trouxeram os demais personagens? Por que é tão importante para nós brasileiros filmes como esse? Resposta: Vejam Aquarius!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *