Como discutir com um religioso fanático!

[insert_php] include(TEMPLATEPATH . ‘/relacionados.php’); ?> [/insert_php]

Acima você pode ver um trecho do seriado The West Wing, onde Josiah Bartlet (Martin Sheen) tem uma discussão com Dra. Jenna Jacobs, uma pessoa que utiliza a Bíblia para atacar os homosexuais. Para conversar com extremistas, não é preciso ser agressivo, mas assertivo e ter boa capacidade de argumentação, assim fica fácil rebater a maioria das afirmações. E aí, o que vocês acharam?

Leo Cruz

Especialista em criar aquilo que um dia você vai procurar no Google. Fã de Filmes, Séries e Animes, escreve diariamente no Deveserisso.

12 comentários sobre “Como discutir com um religioso fanático!

  1. “O mais interessante é que, as pessoas que acreditam, cobram os ateus para provarem a não existência de Deus, sendo que eles é quem deveriam provar-nos a existência de tal ser.”

    Eu te provo que ele existe com base na minha fé e você vai negar com base na ciência. Qual dos dois tem mais provas da verdade?

    “Outra coisa: Ter uma discussão racional com? uma pessoa religiosa é praticamente impossível, pois a pessoa se nega a reconhecer que aquilo que ela acredita é uma mentira.”

    E se o que você acredita também for uma mentira? Percebeu que com essa afirmação você se torna tão irracional quando um religioso?

  2. Provar com base na fé não é provar… É uma tautologia sem sentido.

    Ciência constrói aviões, computadores (que você está usando agora), e até mesmo os templos e igrejas, não foram construidos por deus, foram construídos por cientistas.

    Se o que vc acredita na ciência for uma mentira, será comprovado que é uma mentira, e um novo modelo será proposto e será aceito. Teve uma época em que os cientistas acreditavam que a Terra era plana. Até que chegou outro cientista e provou que a Terra era redonda… Ciência sempre está pronta a provar suas teorias, e mudar caso esteja errada. Religião não: é aquilo, e ponto. Se pensar muito e questionar vai pro inferno.

  3. Apenas de um criador inteligente poderia derivar-se o universo. Não por acidente que os planetas, os sistemas solares e galáxias, giram cada qual em sua órbita, harmonicamente e guardando entre si relação perfeita; não é por acidente que 107 elementos químicos, diferentes, se combinam, se ligam uns aos outros, nas mais variadas formas, dando origem a todo tipo de matéria encontrada na natureza, não é por acidente que na fotossíntese, as plantas clorofiladas utilizam a luz solar, o dióxido de carbono, a água e os minerais para liberar oxigênio e produzir alimentos, e poderíamos ir mais além, demonstrando por meio sólidos e irrefutáveis argumentos que a ordem natural nao foi inventada pela mente humana… A existência da ordem pressupõe a existência de uma inteligência organizadora. E essa inteligência não pode ter sido outra senão Deus.

    Fica a dica ai 🙂

  4. É muito bonito afirmar que não é por acidente mas… e as provas? =(

    De novo, o fato de as coisas existirem podem provar que foram criadas, ou que simplesmente aconteceram. Não existe nada sólido ou irrefutável nos seus argumentos. =)

    A existência de ordem pressupõe a existência de uma inteligência organizadora? Explique para um cético que não consegue ver o universo como uma criação sem provas concretas. =D

  5. uma discussão sem fim, são mais de 3000 deuses na historia humana! Sim, 3 mil!

    E vc fica discutindo que seu deus é mais do que do outro, toma vergonha e pare de ser bobo.. Deixe de ser usado. Vc lembra quando existia um deus que proibia ver televisão, este deus durou até descobrirem o quanto de dinheiro a televisão pode trazer para dentro da igreja.

    e, existe um deus que pode tudo e tudo pode mas, prefere falar por parábolas, prefere ficar à espreita e castigar gente como eu que não consegue acreditar sem ver, sem provas.. ele que proteja sua fama de criador pq o Chikungunya e a Zika estão balançando a fé das pessoas, pessoas que acreditavam que cada ser gerado já estava programado, com o destino escrito pelos céus.. vem o mosquito e faz com o ser que era perfeito ficar sem cérebro. Os fiéis que, da boca para fora, acreditam na proteção superior estão se lambuzando de repelentes, usando roupas longas, fechando as casas.. Oras, será mesmo que sou eu quem não acredita?

  6. Quem constrói templos são pessoas, cientistas, arquitetos, engenheiros, pedreiros, não Deus. Deus criou as pessoas e se tornaram cientistas, arquitetos, engenheiros, pedreiros.

    Até o S Hawking admitiu uma partícula Deus pois ficou sem saída em algumas teorias limitadas, ou seja, reconhecendo que algumas coisas não poderia acontecer sem algo que criasse, só Ele tem o poder da criação.

    Não se prova que Deus existe pela ciência, porem quem o sente tem uma convicção tão grande, o que é redundante, que é como se fosse obvio. Já os céticos querem que Deus prove a sua existência.

    Agora paramos e pensamos,começamos com a ideia que Deus realmente existe. Cara se Deus realmente existe; eu dentro de um universo infinito, um ser insignificante se comparado a grandeza do universo, um nada, que não acredito Nele, passei a minha vida inteira querendo que Deus, o criador de tudo, de toda essa complexidade que é a Terra, o corpo humano, os animais e tudo mais, sem contar os outros zilhoes de planetas que existem, me prove que Ele é quem Ele é.

    Voces céticos são uma minoria muito destemida rs

  7. sintetizo assim…

    entre discutir com um religioso e com uma porta….

    A PORTA IRA SE ABRIR E FECHAR….

    O RELIGIOSO…NÃO SAIRÁ DO LUGAR

    Think about it

  8. Não é a toa que nossa historia se divide entre antes e depois de Cristo. Todas as citações bíblicas no vídeo dizem respeito ao velho testamento, eram leis vigentes antes da vinda de Cristo exclusivamente aos hebreus. A presença de Cristo na terra foi um marco em todos os sentidos, inclusive no legal da época, Cristo veio para gentios e judeus e mudou radicalmente a lei.
    Antes (no Antigo Testamento) os judeus faziam o sacrifício de cordeiros para expiar os pecados da comunidade, mas o sacrificio de Cristo, que se fez abrangente a toda humanidade, tornou irrelevante todas as praticas judaizantes para a salvação. Quanto ao tema sugiro o seguinte video: https://www.youtube.com/watch?v=k1t9pDf8PIQ
    Desta forma, todas as práticas do Antigo Testamento que não foram literalmente abarcadas no novo testamento são absolutamente irrelevante, como o são todas as praticas inferidas no vídeo. Com exceção do homossexualismo, que tal qual, a avareza,o adultério, e a mentira são considerados pecados pois assim o são citados no Novo Testamento.
    Engraçado que os roteiristas sempre retratam os “religiosos” como pessoas ignorantes que não tem resposta para questão como as apresentadas acima. O que acontece é que eles não querem dar a resposta querem apenas impor uma imagem caricata e equivocada de quem crê em Cristo como Senhor e Salvador, como sendo um ignorante.

  9. Posso estar enganado mas os adjetivos “fanático” e “extremista” não me parecem ser os mais apropriados para uma mulher sentada numa cadeira. Na minha opinião o ícone do fanatismo e do extremismo são os radicais do Estado Islâmico, com esses é difícil discutir hein e não é pelo poder de argumentação deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *