Death Note | Animes para quem não gosta de animes

Não dá para indicar animes sem mencionar alguns clássicos, então lá vai:

Talvez até mesmo você, desconhecedor do universo das animações orientais, já tenha ouvido falar de Death Note. Principalmente depois daquela ATROCIDADE feita pela Netflix – e da qual nem falaremos, pois é melhor fingir que nunca existiu.

Death Note tem uma cara bem ocidental, talvez por isso tenha se tornado tão popular. Isso e o fato de que ela é sim uma das melhores produções.

[wbcr_php_snippet id=’53103′]

Por que assistir Death Note?

Nesse anime, acompanhamos um jogo de “gato e rato”, um verdadeiro “xadrez mental”, entre Kira/Ligth e L. Light era um garoto normal e super inteligente que, um belo dia, encontra um caderninho maligno (o death note) onde é possível matar apenas escrevendo o nome da vítima nele. O dono do caderno é uma espécie de Deus da morte, um Shinigami. Uma criatura que passa a acompanhar Light, mas apenas como ouvinte e intrigado expectador, ele nunca interfere.

De posse desse caderno, Light torna-se Kira, uma espécie de justiceiro, e começa a matar criminosos. Mas como assassinato é assassinato, a polícia quer descobrir a identidade e prender Kira. E para isso, L entra em cena.

L é um agente anônimo, que só é chamado para resolver casos dificílimos e grandiosos. Viciado em açúcar, um tanto excêntrico, mas principalmente, um gênio, não demora muito até L pensar em alguns suspeitos.

O que se segue é uma estonteante caçada, onde um tenta antecipar os passos do outro. Os dois são absolutamente fodas e o embate entre eles é um deleite!

Foi o primeiro anime que vi e então me dei conta que “apesar de não gostar de desenho japonês rsrs” existiam histórias maravilhosas que certamente valiam a pena ver. Então eu recomendo Death Note para qualquer um, mas destaco que ele é uma ótima opção para aquele seu amigo resistente quebrar preconceitos e se deixar levar por um dos melhores animes já feitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *