Martin Scorsese critica filmes da Marvel e recebe resposta de James Gunn


Resumo:

  • Martin Scorsese compara filmes da Marvel a parque de diversões
  • James Gunn se diz chateado com a maneira que diretor fez a crítica
  • É possível fazer filmes de heróis com outra roupagem?

A eterna disputa entre concepções sobre as maneiras de produzir cinema volta à tona após duras críticas de Martin Scorsese aos filmes da Marvel. Em entrevista à Empire, o diretor apontou os motivos de não gostar de filmes de heróis.

Eu não assisto. Eu tentei, sabe? Mas isso não é cinema. Sinceramente, o mais próximo que eu posso pensar que eles chegam, por mais bem feitos que sejam, com atores fazendo o melhor que podem nessas circunstâncias, é parque de diversões. Não é o cinema de seres humanos tentando passar experiências emocionais, psicológicas, para outro ser humano.

Prestes a lançar o filme O Irlandês em parceria com a Netflix, Martin Scorsese dá voz a muitas pessoas que se dizem saturadas de filmes de heróis da Marvel e DC Comics.

Um dos maiores responsáveis pelas grandes bilheterias do gênero, James Gunn, respondeu através de seu perfil no Twitter às críticas de Scorsese.

Martin Scorsese é um dos meus cinco cineastas vivos preferidos. Eu fiquei indignado quando as pessoas criticaram A Última Tentação de Cristo sem nem mesmo ter visto o filme. Estou entristecido que ele agora esteja julgando os meus filmes do mesmo jeito.

Já deu de filmes de heróis ou é possível achar outro caminho?

Há algum tempo falamos sobre o excesso de produções baseadas em quadrinhos. Por mais que sejam um desejo do público, vide aos recorrentes recordes de bilheteria, essas produções não limitam o acesso do público a outros gêneros?

No vídeo abaixo, um episódio do Nerdoffice fala sobre o fan service. É um ponto de vista interessante sobre como nem sempre a indústria entregar o que os fãs pedem, pode ser saudável para o consumidor. Será que não estamos presos a ciclos intermináveis de produções repetitivas e sem personalidade?

Adoramos filmes de heróis e ligados à cultura pop, como dissemos em nossa crítica do filme Coringa. Porém, é possível fazer filmes do gênero utilizando o melhor da sétima arte sem apelar à clichês e escapismos baratos.

O que você acha desse debate? Conte pra gente nos comentários o que pensa sobre essa divisão entre o cinema mais clássico e os filmes atuais.

Leia mais sobre Filmes e Séries e o Netflix.

https://deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2019/10/martin-scorsese-critica-filmes-da-marvel-1024x576.jpghttps://deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2019/10/martin-scorsese-critica-filmes-da-marvel-150x150.jpgIkie ArjonaFilmes e SeriadosMartin Scorsese,Marvel
' Resumo: Martin Scorsese compara filmes da Marvel a parque de diversões James Gunn se diz chateado com a maneira que diretor fez a crítica É possível fazer filmes de heróis com outra roupagem? A eterna disputa entre concepções sobre as maneiras de produzir cinema volta à tona após duras críticas de Martin...