O Google anunciou, nesta segunda-feira, o lançamento da nova versão de seu browser, o Chrome 4. As principais novidades que acompanham o update são a possibilidade de adicionar extensões ao navegador e a melhora de desempenho do browser. Extensões são programas que são instalados anexos ao navegador para criar certas facilidades. Um dos principais fatores de sucesso do Firefox são seus milhares de complementos que ajudam seus usuários, sob diversas formas.

Como o navegador Firefox ofereceu o terreno mais fértil para o desenvolvimento de extensões, é natural que a maior parte da galeria de aplicativos do Chrome 4 seja bem parecida com a do concorrente. Os destaques ficam com o Xmarks Bookmarks Sync, que possibilita o usuário compartilhar sua lista de favoritos entre diferentes computadores; o Chromed Bird, extensão para o usuário acompanhar as novidades do Twitter pela barra de ferramentas do navegador; e o YouTube HTML5, que substitui as aplicações em Flash do YouTube para o sistema mais versátil do HTML5.

Além disso, o Chrome 4 está 45% mais rápido que seu antecessor. É esperado que com essa mudança, o navegador do Google consiga uma fatia maior do mercado de navegadores já que o IE apresenta cada dia uma maior em sua popularidade – os números atuais da “disputa” entre os browser são: Internet Explorer (60%), Firefox (25%), Chrome (4.6%), Safari (4.4%) e Opera (2.4%).

A versão para windows do Google Chrome 4 pode ser baixado gratuitamente no site oficial.

Leo CruzTecnologiaTecnologia
O Google anunciou, nesta segunda-feira, o lançamento da nova versão de seu browser, o Chrome 4. As principais novidades que acompanham o update são a possibilidade de adicionar extensões ao navegador e a melhora de desempenho do browser. Extensões são programas que são instalados anexos ao navegador para criar...