Todos os Samples | Sobrevivendo no Inferno – Racionais MC’s

Se a primeira edição da coluna Todos os Samples abordamos um álbum clássico, essa semana apresentaremos um dos pilares fundamentais do rap brasileiro. Com 20 anos recém completados e cada dia mais atual e necessário, Sobrevivendo no Inferno segue como obra irretocável da música brasileira.

Planejamos fazer um podcast comentando curiosidades e experiências pessoais com este álbum, mas saiu tanto material bom sobre o assunto – como este vídeo do Ronald Rios – que optamos por outra abordagem. Veja todos os samples utilizados pelos Racionais MC’s na produção de Sobrevivendo no Inferno!


Sobrevivendo no Inferno – Racionais MC’s

Sobrevivendo no Inferno é um marco, um objeto gigantesco para a música brasileira e os signos representados por aquelas palavras, riscos, batidas e samples são a pedra fundamental da vida de muita gente. A partir do estrondoso sucesso desse disco, surgiram mitos, lendas e a alcunha dos quatro pretos mais perigosos do Brasil.

A forma de disseminação ímpar que se deu com o álbum foi inédita, veio das periferias para o mainstream. De maneira independente e autônoma, o Racionais MC’s se colocou em um patamar inatingível para os críticos tradicionais. Não importava o que eles diziam ou pensavam, a influência, admiração e o respeito dos ouvintes e fãs era o capital do grupo.

Não foi preciso aparecer em trilha de novela ou programas dominicais para vender o disco ou disseminar as ideias. As periferias absorveram cada palavra e cantou como oração todas as músicas de ponta a ponta do álbum. Isso é o que tornou a banda tão influente e perigosa, o sistema tradicional não conseguiu colocar nenhuma rédea nos Racionais.

E após 20 anos, ninguém chegou perto de produzir algo tão impactante e necessário quanto Sobrevivendo no Inferno. Vamos falar um pouco da composição dos elementos sonoros como samples e colagens nas próximas linhas.

Jorge da Capadócia

O álbum já inicia com a junção de dois clássicos, o cover de Jorge da Capadócia lançada por Jorge Ben Jor no disco Solta o Pavão na base sampleada do medley Ike’s Rap II e Help Me Love de Isaac Hayes.

Genesis

A faixa de introdução do álbum, no sentido estrito da palavra, é essa. Inclusive pelo título referenciando o livro bíblico da criação e a fala do Mano Brown direcionando o caminho que as dez faixas seguintes trilhariam. Uma anotação sobre o que nos é dado e em como transformamos o entorno através de nossas ações.

Capítulo 4, Versículo 3

Uma das faixas mais aclamadas pela construção lírica, também merece atenção especial pela composição estrutural dos beats. Elementos de diversas músicas foram utilizadas nesse som, logo após a abertura de Primo Preto esse gancho de Slippin’ Into Darkness do grupo de funk californiano War dá ares de anunciação à música.

A bateria é sample de Sneakin’ in the Back de Tom Scott and The L.A. Express, o baixo é Pride and Vanity do Ohio Players e o clássico Aleluia vem de Pearls da Sade (a rainha da Alpha FM).

Em destaque no vídeo abaixo o trecho sampleado de Eles Não Sabem de Nada do MRN, clássico do rap paulistano do início dos anos 1990.

Tô ouvindo alguém me chamar

A faixa inicia com este trecho Do It to Me Now da The Fatback Band como trilha de fundo, logo antes do sample de Poor Abbey Walsh de Marvin Gaye que introduz a cobrança do Guina.

O sample principal desta faixa é Charisma do trompetista de jazz americano Tom Browne.

Rapaz Comum

Aqui encontramos o primeiro conflito de informações, pois em algumas fontes aparece como sample utilizado para o instrumental a faixa Black Steel In The Hour Of Chaos do Public Enemy. Porém o sample utilizado nesse som do Public Enemy é Hyperbolicsyllabicsesquedalymistic do Isaac Hayes.

Como o KL Jay já havia utilizado outro sample de Isaac Heyes em Jorge da Capadócia, vou deixar o vídeo abaixo vinculado como referência original. Esta é uma dúvida em aberto que só o produtor pode resolver.

… (Interlúdio)

A faixa instrumental produzida por KL Jay utiliza o sample da música Whats the Use do trompetista de jazz Jimmy Owens.

https://deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2018/01/racionais-mcs-sobrevivendo-no-inferno.jpghttps://deveserisso.com.br/blog/wp-content/uploads/2018/01/racionais-mcs-sobrevivendo-no-inferno-150x150.jpgIkie ArjonaMusicaRacionais MC's,Todos Os Samples
Se a primeira edição da coluna Todos os Samples abordamos um álbum clássico, essa semana apresentaremos um dos pilares fundamentais do rap brasileiro. Com 20 anos recém completados e cada dia mais atual e necessário, Sobrevivendo no Inferno segue como obra irretocável da música brasileira. Planejamos fazer um podcast comentando...