Vídeo da ação da GCM na Praça Roosevelt contra skatistas no dia 04/01/13

No vídeo acima, é possível conferia a desastrada ação da Guarda Civil Metropolitana (GCM) da cidade de São Paulo contra um grupo de skatistas que andava na praça Roosevelt no dia 04/01/2013. Não é possível saber o porque da ação da força policial, mas há algum tempo estão sendo realizadas ações para tentar proibir que os skatistas utilizassem a praça, já que os bancos e outros aparelhos da praça se quebram facilmente com a prática do esporte.

Resposta da Prefeitura sobre ação da GCM contra Skatistas na Praca Roosevelt
Resposta da Prefeitura sobre ação da GCM contra Skatistas na Praca Roosevelt

Segundo resposta oficial da assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Segurança Urbana, pasta responsável pela Guarda Civil Metropolitana (GCM), os oficiais que agrediram frequentadores da Praça Roosevelt no último dia 4/01 foram “foram identificados, afastados dos serviços externos e estão sendo ouvidos pela Corregedoria Geral da Guarda Civil Metropolitana, que adotará as providências cabíveis”.

O vídeo foi feito pelo skatista Eduardo Régis, de 22 anos, que aparece sofrendo insultos do guarda à paisana. Ele explica que as abordagens dos guardas aos skatistas tem sido frequentes pelo fato de eles usarem os bancos para a prática do esporte. Na versão de Régis, duas GCMs pediram que jovens que andavam de skates parassem com a atividade sobre os bancos. Elas foram atrás dos skatistas e um outro jovem chegou para conversar. Elas, então, teriam pedido reforço, e esse jovem que argumentou recebeu o estrangulamento do GCM que aparece no vídeo sem uniforme.

Mesmo sem conhecer os dois lados da história, é possível perceber o descontrole do suposto Guarda Civil Metropolitana que, mesmo sem farda, age como força repressora agredindo e xingando o grupo de skatistas. O que vocês acharam dessa situação?

Leo Cruz

Especialista em criar aquilo que um dia você vai procurar no Google. Fã de Filmes, Séries e Animes, escreve diariamente no Deveserisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *