HP acusada de ter computadores racistas

A Hewlett Packard, fabricante de computadores, foi apanhada de surpresa por um vídeo colocado no YouTube que demonstra que a marca colocou no mercado câmaras que não identificam pessoas de raça negra.

As câmaras que acompanham os computadores da série MediaSmart seguem os movimentos dos utilizadores. Como demonstra o vídeo, a câmara segue os movimentos da utilizadora de raça caucasiana, mas não reage ao utilizador de raça negra.

Em comunicado a HP explica que “a tecnologia utilizada é baseada em algoritmos que medem a diferença do contraste entre os olhos e a face e o nariz. Cremos que a câmara possa ter dificuldades em ‘ver’ o contraste em situações com pouca luz de fundo”, acrescenta. Entretanto, a marca colocou um link na internet para ajudar os utilizadores a resolver o problema.



Via Newticias

Leo Cruz

Especialista em criar aquilo que um dia você vai procurar no Google. Fã de Filmes, Séries e Animes, escreve diariamente no Deveserisso.

Um comentário em “HP acusada de ter computadores racistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *