Mary e Max o vencedor do 18º Anima Mundi

Mary Dinkle




A animação stop motion Mary e Max – Uma Amizade Diferente é a vencedora da categoria melhor filme da 18ª edição do Anima Mundi, que terminou domingo. O longa foi eleito pelos juris populares do Rio de Janeiro e de São Paulo, pelos quais o evento passou.




A produção do diretor e roteirista australiano Adam Elliot conta a história da amizade entre duas pessoas muito diferentes: Mary Dinkle (que tem a voz de Bethany Whitmore quando jovem, e Toni Collette quando mais velha), uma menina gordinha e solitária, de oito anos, que vive nos subúrbios de Melbourne, e Max Horovitz (com a voz do ganhador do Oscar Philip Seymour Hoffman), um homem de 44 anos, obeso e judeu que vive com Síndrome de Asperger no caos de Nova York.




Leo Cruz

Especialista em criar aquilo que um dia você vai procurar no Google. Fã de Filmes, Séries e Animes, escreve diariamente no Deveserisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *