Extracurricular | É bom e Vale a pena Assistir? Confira Trailer, Sinopse e mais

Filme Extracurricular

Está querendo saber tudo sobre a série Extracurricular disponível na Netflix? Então você chegou ao local certo! Aqui você vai encontrar o trailer, o elenco, a sinopse e toda ficha técnica da série para saber tudo sobre essa grande produção do mundo do entretenimento.

Extracurricular é uma série de Coreano, Aventura, Comédia, Drama de 0h50min de duração com direção de Kim Jin Min e estrelado por Nam Yoon Soo, King Don-hee, Jung Da-bin e Park Ju-hyun. Abaixo você pode conferir as principais informações sobre essa produção.

É bom e vale a pena assistir?

A premissa é bastante interessante e tem tudo para te conquistar logo de cara. Um aluno exemplar leva uma vida dupla entre a escola e o mundo do crime, mas uma colega de classe pode colocar tudo a perder ao descobrir seu segredo. Episódios longos e com um enredo bem estruturado, a série tem 10 episódios e vai te deixar pedindo mais ao final.

Dados Técnicos

  • Nome: Extracurricular.
  • Data de lançamento: 29/04/2020.
  • Cartaz do filme Extracurricular
  • Sinopse: Extracurricular é uma história de estudantes do ensino médio que se metem em uma série de conflitos e eventos que desafiam os valores humanos e a moralidade. Oh Jisoo acaba cometendo um crime grave por causa de sua determinação em fazer dinheiro para estudar na faculdade sozinho.
  • Diretor: Kim Jin Min
  • Elenco: Nam Yoon Soo, King Don-hee, Jung Da-bin, Park Ju-hyun.
  • Duração: 0h50min
  • Nota Imdb: 7.9/10 de 15 usuários.

Trailer

▶️ Ver na Netflix

E aí, o que você achou da série Extracurricular? Conte para nós nos comentários!

Leia mais sobre Filmes e Séries e o Netflix.

Um comentário em “Extracurricular | É bom e Vale a pena Assistir? Confira Trailer, Sinopse e mais

  1. O desenrolar é bom, mas o final ficou aberto e foi muito frustrante! O interessante é que ali todos podem ser heróis ou vilões, a “pobre vítima” provocou uma série de situações e foi a causa do desastre de várias pessoas, mas ela achava que era a “vítima”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *