Principais diferenças entre o anime e o filme A Vigilante do Amanhã: Ghost In The Shell

[wbcr_php_snippet id=’53103′]

Ghost in the Shell é um mangá criado por Masamune Shirow que revolucionou e influenciou muito daquilo que conhecemos da cultura cyberpunk. O enredo mostra o mundo em 2029, totalmente informatizado em que os seres humanos são capazes de acessar extensas redes de informação através de conexões neurais através de cyber-cérebros.

A agente cibernética Major Motoko Kusanagi é a responsável por combater o crime nessa sociedade, sendo a líder do Esquadrão Shell. Depois de tantas modificações, seu corpo é praticamente um fantasma daquilo que já foi, pois é quase que totalmente robótico.

O sucesso das páginas rendeu uma série de animes e o filme A Vigilante do Amanhã, ambos estão na Netflix e você poderá comparar ambos. Mas antes vamos falar de algumas diferenças cruciais que existem entre essas obras.

[wbcr_php_snippet id=’53103′]

Principais diferenças entre o anime e o filme A Vigilante do Amanhã: Ghost In The Shell

A versão live-action de Ghost In The Shell recebeu no Brasil o nome de A Vigilante do Amanhã, além disso, também colheu uma enxurrada de críticas por todos os lados. Até a presença de Scarlett Johansson como protagonista serviu como motivo de reclamações de fãs do mangá e de outros setores também.

Apesar de não ter dado prejuízo, arrecadou pouco nas bilheterias resultando em R$ 169 milhões após ter custado R$ 110 milhões para ser produzido.

Veja algumas diferenças que contribuíram para que A Vigilante do Amanhã não fosse tão bem aceito pela crítica:

  • Whitewashing: Mesmo antes da estreia, surgiu a polêmica por conta da troca de personagens asiáticos por atores e atrizes brancos. A produtora indicou que esse, inclusive, foi o motivo da baixa bilheteria.
  • Humor: É comum nas obras desse tipo que apesar das sequências de ação haja um pouco de humor, mas o filme manteve o aspecto sisudo e sombrio.
  • Fuchikomas: Os robôs são grande parte do mangá e pouco aparecem no filme, estas inteligências artificiais são um dos elementos característicos da obra. A adaptação falhou em abrir mão de algo que foi tão marcante nas páginas de Ghost In The Shell.
  • Enredo: A obra é complexa e cheia de vertentes, mas claro que em uma adaptação para o cinema é preciso escolher uma linha a seguir. Mesmo assim, alguns aspectos importantes para entender a complexidade de Motoko foram deixados de lado, tornando a história um pouco superficial.
  • Imersão: Os detalhes artísticos do mangá fazem com que a obra seja muito rica e impressionante. Mesmo utilizando o melhor da tecnologia disponível, A Vigilante do Amanhã peca ao trazer esse detalhamento artístico de maneira escassa. Mesmo com as limitações e diferenças de mídia, fica a impressão que algo melhor poderia ser entregue.

Claro que tudo é uma questão de gosto, passamos alguns pontos que diferenciam muito as duas obras. É importante que você mantenha a cabeça aberta ao assistir ambas, pense que é uma maneira de tentar encontrar o melhor de dois mundos.

Compare os filmes e tire as suas próprias conclusões

Agora que já falamos de algumas diferenças gritantes entre o anime de Ghost in The Shell e o filme A Vigilante do Amanhã, assista aos dois e compare. Depois conte pra gente o que achou.

A Vigilante do Amanhã Ghost in the Shell

Cartaz do filme A Vigilante do Amanhã Ghost in the Shell - O Filme

  • Sinopse: Em um mundo pós-2029, é bastante comum o aperfeiçoamento do corpo humano a partir de inserções tecnológicas. O ápice desta evolução é a Major Mira Killian (Scarlett Johansson), que teve seu cérebro transplantado para um corpo inteiramente construído pela Hanka Corporation. Considerada o futuro da empresa, Major logo é inserida no Section 9, um departamento da polícia local. Lá ela passa a combater o crime, sob o comando de Aramaki (Takeshi Kitano) e tendo Batou (Pilou Asbaek) como parceiro. Só que, em meio à investigação sobre o assassinato de executivos da Hanka, ela começa a perceber certas falhas em sua programação que a fazem ter vislumbres do passado quando era inteiramente humana.
  • IMDB: 6.4

🎬 Saiba Mais
▶️ Ver na Netflix

Ghost In The Shell: O Fantasma do Futuro

Cartaz do filme Ghost In The Shell: O Fantasma do Futuro - O Filme

  • Sinopse: Major Motoko é uma agente cibernética e líder da unidade do serviço secreto Esquadrão Shell. Formado pelo governo para combater a onda de crimes, eles são informados de que um famoso criminoso, “”expert”” em computadores, está no Japão. O suspeito é conhecido apenas pelo codinome “”Mestre Marionete””.
  • IMDB: 8.0

🎬 Saiba Mais
▶️ Ver na Netflix

Gostou da matéria, diga pra gente nos comentários se quer mais comparações entre filmes aqui no Deveserisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *