Quais são as atrações imperdíveis do Lollapalooza 2020?


por Clids Ursulino

Cada ano que se passa, o Brasil fica mais forte no roteiro de festivais de música e cultura. Cada vez mais grandes atrações internacionais e festivais focados em certos gêneros musicais são criados ou importados pra cá e um dos maiores desses festivais é o Lollapalooza.

Antigamente realizado na Chácara do Jockey, o Lolla ficou grande demais para o espaço, tanto em público quanto em infraestrutura, e desde 2014, o festival é realizado no Autódromo de Interlagos.

Esse ano, a programação do Lolla está consideravelmente mais caprichada que na edição anterior, contando com grandes atrações para todos os gostos e a divisão talvez seja a mais justa (ou perto de ser) possível.

E aqui a gente separa 3 dicas de shows, para cada um dos dias de festivais, pra quem ainda está em dúvida de ir ou não. Citar certas bandas ou artistas aqui seria “chover no molhado” então o foco dessa vez vai ser passar novidades que você talvez não conheça mas que pode ser seu show favorito nessa edição!

Lollapalooza – Dia 01: Sexta-feira, 3 de abril

James Blake

O produtor britânico de 31 anos é um dos grandes destaques do cenário musical mundial e não só na música eletrônica. Tendo participado de álbuns de nomes do calibre de Beyoncé, Jay-Z, André 3000 e Frank Ocean, Blake é prolífero em sua carreira, que data do ano de 2009.

Seu último lançamento foi o ótimo “Assume Form”, lançado em 2019, que figurou em diversas listas de melhores lançamentos do ano. O estilo do produtor navega do eletrônico ao R&B, passando por estilos musicais mais difundidos no Reino Unido como UK Bass.

IDLES

Mais uma galera da terra da Rainha, o IDLES é uma banda de punk rock (mas não só, como o vocalista Joe Talbot faz questão de lembrar a todo momento) que já tem certo tempo de estrada mas vem ganhando notoriedade nos últimos anos, especialmente após o lançamento do segundo álbum dos caras,o incrível Joy As an Act of Resistance, de 2018.

Com energia e acidez, como todo bom grupo de punk rock deve ser, e sem deixar a qualidade lírica de fora dos sons, o IDLES é uma das gratas surpresas do lineup do festival. Os caras também vão fazer um outro show na cidade mas esse será fechado para 30 pessoas então, com certeza, a maior chance de assistir a banda ao vivo será mesmo o Lollapalooza.

King Princess

Mikaela Mullaney Straus, de 21 anos, é a mente e voz por trás do projeto King Princess. Transitando entre o indie e o funk, a produtora e compositora assinou com a Zelig Records, do também produtor Mark Ronson, em 2018. Com pouco tempo de carreira, ela tem apenas um álbum, “Cheap Queen”, lançado em 2019, um álbum refrescante de pop, retratando muita vulnerabilidade (no melhor sentido possível) de Mikaela.

Apesar do pouco tempo, King Princess já vem ganhando certo destaque na música, tendo tocado em festivais como o próprio Lollapalooza e Coachella, foi convidada musical do Saturday Night Live e está programada para ser a abertura da turnê do cantor britânico Harry Styles em sua turnê europeia.


Lollapalooza – Dia 02: Sábado, 4 de abril

BROCKHAMPTON

O coletivo disfarçado de boyband BROCKHAMPTON é muito provavelmente o show mais aguardado por este que vos fala. Na ativa desde 2014 (sem contar os anos anteriores de “vivo morto” dos caras), eles já somam 6 lançamentos, isso incluindo a trilogia Saturation com 3 álbuns lançados apenas em 2017.

Mesclando diversas influências de todos os seus membros, o BROCKHAMPTON não é só rap, não é só pop, não é só rock, é a mistura de tudo isso e muito mais. Contando com 6 vocalistas, o coletivo tem, no total, 13 pessoas envolvidas oficialmente.

A amizade que nasceu num fórum de fãs do Kanye West e passou para os estúdios é um dos maiores grupos do hip hop atualmente, aparecendo em diversos festivais ao redor do mundo e programas de grande destaque na TV americana.

Denzel Curry

Outro grande destaque do cenário do hip hop, Denzel Curry vem para esse sábado carregado de festival. Diretamente da Florida, Denzel apareceu para o grande público em 2011, com a mixtape King Remembered Underground Tape 1991–1995, que ganhou um grande hype após ser divulgada pelo rapper SpaceGhostPurrp, conterrâneo de Curry.

Acumulando grandes lançamentos no seu catálogo, o último drop do cara foi Unlocked, EP em parceria com o produtor Kenny Beats. Tendo influência de rock em seu som, Denzel tem aborda assuntos muito interessantes em suas músicas como saúde mental, política, o estado atual da indústria musical e outros temas muito relevantes para os tempos de hoje.

YUNGBLUD

Mais um novo artista na lista. Dominic Richard Harrison, ou apenas YUNGBLUD, é um músico inglês de 22 anos que vem ganhando grande destaque no cenário alternativo do rock. Tendo lançado seu primeiro e único álbum de estúdio em 2018, se engana quem acha que o cara ficou de boa esses anos todos. Se adaptando aos padrões de lançamentos dos novos tempos, YUNGBLUD lançou diversos EPs e colaborou com outros artistas, como o rapper Machine Gun Kelly e Travis Barker.

Costumeiramente coloca covers de bandas consagradas de punk rock em seu setlist, como Ramones e The Black, o show do cara é um prato cheio para quem ainda é órfão do pop punk que fez muito sucesso no começo do século.


Lollapalooza – Dia 03: Sábado, 5 de abril

Charli XCX

A britânica Charli XCX é um dos grandes destaques do último dia do festival. A cantora, compositora e agora diretora lançou “Charli” um dos melhores álbuns de pop da década no ano passado. Contando com um som mais futurista, o lançamento conta com participações especiais da incrível Lizzo, Troye Sivan, Cupcakke e até a nossa Pabllo Vitar, que também figura nesse domingão de Lolla.

O play, que recebeu clamor de público e crítica desde seu lançamento, veio como uma mostra do que está por vir na cena de música popular mundial. Cheio de sentimentos dos seus mais variados tipos, o álbum mostrou a artista que Charli mira ser e também a artista que ela pode virar a ser e, em ambos os casos, o potencial é incrivelmente promissor.

Kali Uchis

Mais uma mulher incrível nesse dia recheado por elas, Kali Uchis é um dos grandes nomes do R&B e neo soul no momento. Desde o lançamento de Isolation, em 2018, a cantora vem ganhando mais e mais destaque com o seu som que, além dos gêneros citados aí em cima, passeiam também pelo reggaeton e pelo bedroom pop, sendo um som com cara de “já ouvi isso antes mas não consigo dizer exatamente aonde”.

Tendo trabalhado com produção de nomes como BadBadNotGood, Gorillaz, Kevin Parker e Thundercat, o primeiro e único álbum de Kali chegou a posições de destaque em lista dos melhores daquele ano, desde grandes veículos até a veículos mais undergrounds, mostrando o potencial da cantora de agradar mais de um público com o seu som.

Kacey Musgraves

Talvez o nome mais “fora do padrão” dessa lista toda, Kacey Musgraves é uma cantora e compositora americana de country music. Sim. Vai ter country music no Lollapalooza. Mas nada de bota de cowboy ou espora arrastando no chão. O som de Kacey tende muito mais pro pop, sendo um country mais neotradicional, do que o country de grandes nomes como Garth Brooks e Billie Ray Cyrus.

2019 foi o grande ano da carreira de Kacey. A cantora levou pra casa 4 Grammys com Golden Hour, seu quarto álbum de estúdio, lançado em 2018, incluindo álbum do ano.

Sendo inevitável a comparação com Taylor Swift, Musgraves conseguiu sua emancipação musical com esse lançamento. Tendo nascido no country e sendo abraçado pelos mais diversos públicos, Golden Hour e Kacey são a prova de que o Lollapalooza, mais do que nunca, é para todos os gostos.

A 9ª edição do Lollapalooza Brasil acontece no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, entre os dias 03 e 05 de abril de 2020. Você pode conferir mais informações sobre ingressos disponíveis no site da Tickets 4 Fun. Conta aí pra gente quais são os shows imperdíveis dessa edição do Lolla!

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.