Por que a Netflix investe tanto dinheiro com séries antigas?

 Por que a Netflix investe tanto dinheiro com séries antigas?

[wbcr_php_snippet id=’53103′]

Resumo:

  • Netflix gasta bilhões para comprar os direitos de Seinfeld
  • Mesmo com novidades semanais, público segue fiel a séries mais antigas
  • Por que não conseguimos parar de assistir séries como Friends, Um Maluco no Pedaço e outras séries já encerradas?

Há pouco menos de uma semana a Netflix anunciou que comprou os direitos de exibição de todas as temporadas de Seinfeld. Os valores oficiais não foram divulgados, porém especula-se que as cifras ultrapassem os US$ 500 milhões.

Os 180 episódios da série estarão disponíveis apenas em 2021, mas essa jogada é uma uma aposta da empresa após o estudo do comportamento dos usuários.

A Netflix sentiu a perda de títulos como Friends, Supernatural (apesar desta ainda estar em atividade) e The Office. Com o surgimento de novas opções de plataformas de streaming, a veiculação de programas clássicos está mais diluída. E ao contrário do que muitos pensam, essas séries são muito rentáveis.

As pesquisas de retenção de usuários, mostram que apesar da febre causada por títulos recentes e originais como Stranger Things, Orange Is The New Black ou Elite, grande parte do público maratona programas antigos e de qualidade reconhecida.

Ou seja, séries mais velhas e com muitas temporadas garantem mais tempo de permanência dentro da plataforma. Seja por saudosismo ou pela qualidade dessas produções é inegável que o apreço por títulos como Friends, Um Maluco no Pedaço ou The Office é muito grande.

Quando estamos com dúvida no que escolher para assistir, é comum recorrermos a uma opção segura e garantida de entretenimento. Esse é um dos motivos que as donas das plataformas de streaming recheiam seu catálogo com séries e filmes clássicos.

Como é o seu comportamento em relação a filmes e séries antigos? Conte pra gente suas preferências nos comentários!

Leia mais sobre Filmes e Séries e o Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *