The Last Kingdom | Entenda a relação entre Vikings e The Last Kingdom

Resumo:
Quer saber se existe alguma relação entre The Last Kingdom e Vikings? Então você chegou ao local certo. Aqui vamos tentar contextualizar em que momento as duas séries se passam e se os personagens com nomes comuns entre elas têm alguma relação.

Primeiro vamos lá, The Last Kingdom não é uma continuação de Vikings apesar de haver alguma relação entre elas já que ambas se passam durante o século IX. Ao longo da matéria iremos comentar alguns dos pontos que levam os usuários a ter essa dúvida.

Ragnar de The Last Kingdom

Ragnar de The Last Kingdom é Ragnar Ravnson e não tem relação nenhuma com o mítico Ragnar Lothbrok. Ragnar, seu pai Ravn e seus Ragnar Ragnarson, Rorik Ragnarson e Thyra Ragnarsdottir são personagens fictícios.

Os nomes são semelhantes porque esses eram nomes comuns na Dinamarca entre o século 5 a 10, mas pode ser que Bernard Cornwell quisesse realmente homenagear o Ragnar mais conhecido.

Ubba Lothbrokson

Isso não quer dizer que os Lothbrok não aparecem em The Last Kingdom. Ubba Lothbrokson, aquele morto a beirar mar no país de Gales é realmente o filho Ragnar Lothbrok. Ele, Ivar e Halfdan lideraram o Grande Exército Pagão, que invadiu Britânia na época de Alfredo, o Grande.

O personagem foi chamado de Ubba Lothbrokson provavelmente para evitar confusões, já que já existia um outro Ragnar na história e seria estranho caso ele fosse chamado de Ubba Ragnarson. Aqui apenas uma nota histórica: não existe uma confirmação clara se Ubba, Ivar e Haldan eram irmãos, mas nas Crónicas SaxÔnicas, o autor preferiu seguir essa ideia.

Ivar Lothbrokson

Ivar foi o líder da invasão dinamarquesa e senhor e amigo de Ragnar, que capturou Uhtred. Dos filhos de Ragnar que aparecem na história, Ivar é o mais provável de realmente ter sido filho do personagem histórico.

Como as histórias se relacionam?

É difícil dizer, já que há falta de documentos escritos narrando as histórias dinamarquesas. Além disso, ambas as histórias fazem algumas alegorias para deixar suas histórias melhores. O que sabemos é que ambas se passam no século IX, então muita coisa pode realmente estar relacionada.

Se você quiser pensar na relação entre as histórias, recomendo assistir primeiro Vikings para conhecer a história dos prováveis filhos de Ragnar que aparecem na história e depois entender em The Last Kingdom como foram suas invasões ao que hoje conhecemos como Inglaterra. É apenas importante que se entenda que nenhuma das histórias é um relato fidedigno da história das expansões vikings.

O que temos são duas séries baseadas em fatos históricos sobre personagens pouco documentados. Apesar de partes delas se sobreporem, não é possível estabelecer uma relação direta entre elas do ponto de vista histórico.

Diante de tudo isso, o que nós recomendamos é que você assista e aproveite ambas as séries como produções ficcionais e extremante divertidas.

Leo Cruz

Especialista em criar aquilo que um dia você vai procurar no Google. Fã de Filmes, Séries e Animes, escreve diariamente no Deveserisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *